top of page

Empatia

“Eu inspiro o seu expirar e nesse respirar em conjunto nos completamos na vida.”


Experimentando a vida com participação ativa na humanidade


Quando li pela primeira vez sobre os 8 estágios para o caminho de preparação do yogi para uma vida mais alinhada com o propósito íntimo de cada um, achei que havia compreendido e só precisaria decorar os novos nomes em sânscrito (língua nunca antes estudado por mim).

Na verdade, não foi apenas sobre essa parte do Yoga Sutras que me pareceu compreendido, num primeiro contato.


Nosso ego está sempre a nosso serviço pra se colocar na dianteira e tentar facilitar grandes e mais prolongados esforços. Temos sempre ele ali de guardião a nos proteger da ignorância que evitamos assumir. Ele tudo sabe, ele tudo manifesta.


Mas como a vida é processo e a cada dia lidamos com um (ou vários) despertar, aos poucos nos aproximamos desse entendimento de que é através da experiência participativa do Ser que cultivamos a semente interna da grande sabedoria. Deixamos de lado pensamentos pouco produtivos ou negativos (Saucha), reconhecemos a arte de apreciar o belo e o simples e ter brilho nos olhos com o que a natureza nos oferta abundantemente (Santosha), transformamos e re-significamos atitudes e ações com a dedicação à nossa prática evolutiva (Tapas), participamos de forma presente em corpo e espírito a cada momento que nos é oferecido como oportunidade de novo aprendizado (Swadhyaya), para que a verdadeira e profunda apreciação à vida seja de devoção ao que acolhemos no agora (Ishvara Pranidhana). E assim, vivemos os Niyamas e não apenas os compreendemos através da leitura do nosso Ego.


E o que isso tudo tem a ver com a empatia?


Nossa jornada de desenvolvimento individual como humanos nada representa se não for olhada com a lente do coletivo. Ser humano é estar em alinhamento com a humanidade do outro na sua própria extensão, é olhar pra fora mas respirar pra dentro, é reconhecer no semelhante a nossa própria abundância e não a falta que nos completa.


Com amor,






Para a sua reflexão:

Que passos no dia a dia, você adota para a transformação interna que almeja alcançar?

Que atitude, ação ou hábito seu te traz a honra de ser chamado Ser Humano?


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page